13 de abril de 2014

OS PALERMAS - Livro Dois



Cada panela tem sua tampa 
        
     No Livro Um desta série, AMOR OU HUMOR? SÓ SEI QUE FOI À PRIMEIRA VISTA,

apresentei 15 motivos, que foram os capítulos do episódio, como tentativas de fazer você rir ao menos um pouquinho.
    Todos sabem que uma comédia é muito difícil de fazer e eu levei quatro anos para escrever este material e colocá-lo em suas mãos agora.
   Penso que é uma obra divertida. Eu mesmo rio muito enquanto estou ao computador, criando essas piadinhas ingênuas e sutis.
    Utilizei duas categorias de pessoas para testar o humor desta série: os estudantes jovens da escola, onde leciono Literatura, e minha funcionária. Esta teve a oportunidade de ouvir, sempre em primeira mão, as histórias que eu ia desenvolvendo.  O Riso dela é de um exagero só, mas percebo quanto há de sinceridade nas suas reações, quando conto as maluquices que invento para transformar em livro.
    Na escola, a atividade para testar o grau de humor do texto, é submetê-lo a um grupo de estudantes, que gosta de ler e encenar, propondo que treine a leitura durante uns dez minutos do lado de fora da classe, e depois desse tempo, volte e apresente em voz alta ao restante da turma.
   Observo os efeitos. Se minha pretensão de fazer rir teve resultado positivo,  mantenho o texto como está. Se não, reescrevo-o.
   É importante dizer também que, conforme os estudantes vão lendo e errando alguma palavra, ou fazendo algo diferente, como improviso, anoto, a fim de usar essas variações na ocasião em que estiver escrevendo outro capítulo.
    É assim minha rotina de trabalho como escritor, pelo menos para a obra OS PALERMAS.  Fica evidente que, o meu processo criativo parte sempre da prática, e o que está no papel, nada mais é que do que estava nas ações observadas no dia a dia, mais o toque da criatividade. Creio que seja assim com a maioria dos autores.
   Vale ressaltar também, que os sonhos são importantes fontes de ideias e, no meu caso, anoto-os, mesmo que seja de madrugada, num papelzinho, para em um momento oportuno, transformá-los em livros.
   Neste episódio da série, com o título CADA PANELA TEM SUA TAMPA, quero novamente propor-lhe 15 motivos para rir ou se divertir, ou as duas coisas juntas.
   Se não lhe parecerem suficientemente fortes e não lhes arrancar um só riso, repito aqui que não poderei devolver o dinheiro.  Porém, uma nova sugestão apresento: vista uma roupa esquisita, procure num brechó. Faça um penteado louco, pegue este livro e comece a interpretá-lo em voz alta na frente do espelho. Mas não se esqueça de fazer muitas caretas. Para cada personagem uma careta e uma voz diferente.
   Se puder reunir a família para ver sua performance, tanto melhor. Você pode chamar as amigas e os amigos apenas para formarem a sua plateia.
   Se quiser fazer um vídeo dessa maluquice e se puder enviá-lo a mim, vou gostar muito de ver.
   De qualquer forma, escreva, contando como foi sua estratégia para rir e se divertir, a partir da leitura da série OS PALERMAS. Acho que vou rir muito com sua história também.
   Mas o melhor de tudo mesmo é saber que através do humor, podemos viver momentos de grande alegria.

Um forte abraço,
O AUTOR


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua impressão! Será uma honra conhecer sua opinião.