19 de julho de 2015

Semana das Pérolas


Recordações

Tudo de repente agora
As fotos que vejo
As músicas que ouço
Os odores que cheiro.

Tudo de repente agora
Os locais que visito
Alguém que revejo
Algo que leio.

Tudo de repente agora
O que vem na imagem
O que vibra no som
O que arrepia a pele.

Tudo de repente agora
O que viaja em mim
O que sai dos olhos
O que inspira
O que respira.

Tudo de repente agora
O que circula nas veias
O que invade as vias, passeia
Tudo de repente agora
É todo ontem sempre hoje.

(SANTOS, Carlos. Pérolas. p. 57)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua impressão! Será uma honra conhecer sua opinião.